Polícia de Itupeva diz ter suspeito do “crime da mala”

Perito verifica corpo de mulher dentro de mala

Perito verifica corpo de mulher dentro de mala

A Polícia Civil de Itupeva informou, nesta quarta-feira (04/12), de já ter dados sobre um possível suspeito do assassinato de Valdinéia Preschesniuk, achada morta dentro de uma mala jogada em lagoa perto da Rodovia dos Bandeirantes em 31 de outubro passado. Ela estava grávida de gêmeos. Ao ser achada estava com o pescoço quebrado e com um tiro nas nádegas.

O delegado Elias Evangelista Júnior explicou que foram traçados alguns pontos da vida de Valdinéia, que tinha 21 anos. O policial preferiu não se estender com relação ao suspeito, mas relatou que a vítima chegou a morar desde 2011 em Campinas, onde trabalhou em uma boate. Ela seria garota de programa e teria saído desta casa noturna por desentendimento com a dona do local.

Sem Comentários

Escreva seu comentário